fbpx

A marca importa

Dez 27, 2019 | Design Matters

Somos o que vestimos.

Existem duas t-shirts brancas, simples, à venda. O tecido é o mesmo, o tamanho é o mesmo. Ficaria surpreendido se o fabricante fosse o mesmo, excepto por uma pequena diferença quase imperceptível: a t-shirt da direita tem um logotipo da marca estampado no peito. E, por causa disso, o seu preço é quase 3 a 5 vezes maior do que o da outra.

De uma forma mais concreta, isto pode não fazer muito sentido, mas as pessoas não são assim tão objectivas. Gostamos de exibir marcas porque essas marcas dizem algo sobre nós.

Se usarmos algo Nike, somos jovens e atléticos. Significa que fazemos exercício, ficamos saudáveis, motivados e simplesmente “fazemos” [just do it]. E isso transmite muito mais do que uma t-shirt 100% branca.

Se desenvolvermos uma marca sólida e conhecida, poderemos cobrar mais pelos produtos, simplesmente por causa disso.

Claro que isto é algo que requer trabalho e não será construído do dia para a noite. E, tal como a Nike, teremos que definir qual é a alma da nossa marca. Para quem é, qual é a mensagem que transmite?

Talvez não sejamos atléticos e motivados. Talvez sejamos brilhantes e criativos como os utilizadores da Apple, que não precisaram de ouvir a terminologia técnica de um Macintosh para se apaixonar pelo que a marca representa.

Ou talvez sejamos mais como um motoqueiro da Harley Davidson, com o casaco de cabedal e de espírito livre, a sentir o vento no rosto enquanto viajamos por aí, quando nos apetecer. Ou um ávido fã da Coca Cola, aproveitando o tempo com os que estão ao à nossa volta, com uma bebida familiar na mão.

Quando um cliente leva o nosso logotipo na t-shirt, ele fá-lo por um motivo. Assim como nós, como proprietários de uma marca, deveremos saber qual é a alma da nossa empresa, o que é que representa para nós e para o mundo … e para nossas finanças.

 

[jetpack-related-posts]